MILHO: Queda ultrapassa 13% em três meses

Em três meses (1º de setembro a 1º de dezembro), o preço do milho recuou mais de 13% na média das regiões acompanhadas pelo Cepea. Além da concentração de oferta na entressafra, demanda fraca, exportação desfavorável, concorrência com o triguilho, um novo fator está sendo citado. Como noticiou a mídia na última semana, diversas análises técnicas indicavam a necessidade de importações neste ano, o que não se confirmou. Isso se deve ao fato de o Brasil ser carente de estatísticas confiáveis, tanto de produção de milho quanto de consumo e, especialmente, de estoques. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado