MILHO: Recuo médio é de 4%

Em agosto, os preços médios do milho ficaram 4,4% abaixo dos de julho. Entre 29 de agosto e 5 de setembro, as cotações do grão permaneceram em queda. No mercado de lotes, a baixa foi de 0,19%, e no de balcão, de 0,20%. A pressão negativa vem da colheita do milho safrinha e dos estoques da safra de verão ainda em mãos dos produtores. A manutenção das cotações internacionais em níveis relativamente baixos e a valorização do Real frente ao dólar reforçaram o movimento de queda. Com relação à colheita de milho safrinha, no Centro-Oeste, as atividades terminaram na semana passada; no Sudeste e Sul, a colheita segue até setembro, mas a maior parcela foi colhida em agosto - mês de pouca chuva e de perdas menores. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado