SOJA: Esmagadoras entram em férias

As fábricas esmagadoras começam a paralisar a moagem e a demanda por soja deve cair significativamente a partir de agora até a segunda semana de janeiro. O recuo dos compradores interferirá no ritmo de negociação, que se encontra praticamente interrompido. Os preços internos seguem atrelados às cotações da bolsa de Chicago (CBOT), ainda que nesta época do ano costume ocorrer um descolamento entre o preço internacional e os domésticos. Neste ano, excepcionalmente, a referência da bolsa norte-americana continua sendo importante porque ainda estão sendo negociados prêmios para embarque em janeiro e fevereiro. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado