SUÍNOS: Carcaça atinge maior patamar desde fevereiro

Neste mês, tanto o animal vivo quanto a carne suína estão em alta em todas as praças pesquisadas pelo Cepea. Segundo agentes do setor, o mercado está bem aquecido, com forte procura por partes de frigoríficos, que vêem na proximidade dos dias dos pais uma boa época para venda de carne suína. Produtores, por sua vez, estão segurando animais, aguardando maiores valorizações nos próximos dias. Nos últimos sete dias, a carcaça especial suína já valorizou 8,2% no atacado da cidade de São Paulo, sendo negociada a R$ 3,27/kg nessa quinta-feira, 9. Esse é o maior patamar registrado desde o final de fevereiro. Nem mesmo as menores exportações em julho têm impedido novas altas no mercado interno. Para o suíno vivo, na Grande Campinas (SP), o quilo foi cotado a R$ 2,02 na quinta, alta de 8% em sete dias. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado