SUÍNOS: Carne valoriza, mas animal vivo segue em queda

Os preços da carne suína sinalizam ligeira recuperação nos últimos dias. Entre 7 e 14 de junho, a carcaça especial subiu pouco mais de 1% no atacado de São Paulo. O reajuste é atribuído à redução de oferta de animais provenientes de outros estados, além da maior procura pelo produto nesta época de outono/inverno. No acumulado do ano, contudo, a carcaça especial suína registra baixa de 33%. No mercado de suíno vivo, apesar da diminuição da oferta de animais terminados para abate nos últimos dias, os preços seguiram em queda. A expectativa é que comecem a reagir nos próximos dias, com a proximidade do inverno, que inicia em 22 de junho. Frigoríficos normalmente elevam as compras para se abastecer para a estação. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado