SUÍNOS: Estabilidade marca setor

O mercado interno de suíno segue estável, com oferta e demanda em relativo equilíbrio. No Rio Grande do Sul, por exemplo, apesar de o volume disponível de animais estar baixo, a procura também não aqueceu, já que haverá um dia a menos de abate com o feriado estadual de 20 de setembro. Assim, os preços tiveram pouca alteração no estado. Em Minas Gerais, frigoríficos mostram-se resistentes aos preços solicitados por produtores, mas acabaram cedendo em muitos casos. No estado de São Paulo, houve variação de preços apenas em Avaré/Fartura (SP), onde o suíno vivo desvalorizou 2% nos últimos sete dias, cotado a R$ 2,49/kg, na quinta. Nas demais regiões do estado, os preços permaneceram estáveis. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado