SUÍNOS: Fechamento de portos russos pode frear exportação

Daqui para frente, a Rússia fecha seus portos, com a chegada do inverno rigoroso no país. Isso pode frear as vendas externas e, conseqüentemente, aumentar a disponibilidade de carnes no Brasil. No ano passado, os embarques recuaram 40% em dezembro (fechamento dos portos russos), em relação a novembro. O que principalmente sustentou as exportações em novembro, mesmo com a continuidade do embargo russo à carne nacional da maioria dos estados produtores, foram as alternativas encontradas para escoar o produto brasileiro àquele mercado e também a reabertura da Rússia à carne catarinense, a partir do dia 16. Uma eventual queda dos preços, diante do provável aumento da oferta no Brasil, não deve ser, no entanto, de um todo negativa. Esta época do ano é favorável às vendas de carnes suínas, bastante procuradas para as festas tradicionais. Se os preços voltarem a níveis mais normais - considerando a série histórica -, o consumo pode reagir bem e, de uma forma ou outra, o setor continuaria ganhando. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado