SUÍNOS: Natal mais caro em 2004

Mesmo com os pequenos recuos dos preços da carne suína nas duas últimas semanas, os valores ainda estão limitando as vendas do produto em plena véspera de Natal. Cortes como pernil, bisteca e lombo negociados no atacado do Estado de São Paulo estão 71,3%, 69% e 59,5% mais caros, respectivamente, em relação ao ano passado, o suficiente para assustar os consumidores. No ano passado, o mercado era definido por elevada disponibilidade do produto, o que refletia em preços mais acessíveis e, portanto, em vendas aquecidas. A dificuldade de venda é mais evidente para profissionais do atacado e do varejo. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado