SUÍNOS: Preços em alta mesmo no fim do mês

Sustentado pela baixa oferta interna, o preço do suíno vivo vem reagindo em todo o país, mesmo sendo fim-de-mês. No Estado de São Paulo, antes da reabertura das exportações russas, a expectativa era de que os preços mais elevados dessa praça atraíssem a entrada de suínos do Sul do País e amenizassem a baixa disponibilidade de animais. Contudo, no próprio Estado de Santa Catarina aumentou a concorrência pela matéria-prima para atender aos envios externos. Para os produtores, o cenário altista é animador, especialmente porque coincide com um período em que os preços dos insumos estão caindo. A rentabilidade do setor produtivo fica, assim, garantida. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado