SUÍNOS: Preços em queda

Os preços internos do suíno vivo já começaram a cair com as barreiras causadas pelo foco de febre aftosa no estado do Mato Grosso do Sul - inclusive à carne suína, por alguns países. A região de Campinas, importante praça de comercialização do País, teve queda de 0,75% em sete dias, com o animal negociado a 2,63/kg nessa terça, 18. Frigoríficos estão incertos quanto ao escoamento do produto não só ao mercado externo como também no Brasil e decidiram diminuir os abates. Apesar da apreensão por parte da indústria, por ora, a desvalorização do suíno vivo pode favorecê-la. Suas margens de comercialização devem melhorar, depois de terem ficado "apertadas" no período de alta do animal vivo, iniciado na segunda quinzena de setembro. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado