SUÍNOS: Preços no Sul permanecem em alta

Assim como na primeira semana do mês, o mercado de suínos iniciou a segunda com boas negociações e preços em alta na região Sul do país. Além da baixa disponibilidade de animais, aquela região é a maior exportadora de carne suína do Brasil, o que reduz a oferta interna nesses Estados. Os preços elevados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina têm motivado produtores a comercializar seus animais em suas próprias regiões, diminuindo significativamente o comércio com outros Estados. Já nas demais praças, tanto o ritmo de negociação quanto os preços permanecem estáveis, com ligeiras altas no Estado de São Paulo. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado