SUÍNOS: Produtor recebe quase 4% a mais pelo animal vivo

Após quedas consecutivas desde o início do ano, suinocultores estão recebendo mais pelo animal vivo. O movimento, que surpreende o mercado, vem da menor oferta de animais terminados neste mês. É importante destacar que, em termos relativos, a demanda está maior que a oferta, mas não pode ser considerada aquecida. Na região da Grande Campinas (SP), o quilo do suíno vivo foi negociado nessa quinta a R$ 2,04 alta de 3,86% entre 18 e 25 de janeiro. Já para as carnes, o movimento ainda é baixista. A carcaça especial registrou leve recuo de 0,3% no mesmo período (atacado da cidade de São Paulo) cotada a R$ 3,22/kg, na quinta. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado