SUÍNOS: Relação de troca melhora para suinocultor

A relação de troca para os suinocultores melhorou 50% frente ao milho e 56% quanto ao farelo soja, em fevereiro. Os ganhos foram favorecidos pela forte valorização do animal vivo e pela queda dos preços dos insumos. O milho desvalorizou 3,3% e o farelo, 9,2% no mês, na praça de Campinas (SP). O suíno vivo, por sua vez, reagiu 43,3% na mesma região. O cenário anima o setor suinícola paulista. A expectativa é que, passados as férias e o carnaval, as vendas melhorem a partir deste mês. Ainda que muitos deixem de consumir carne suína neste período de Quaresma - o produto é classificado como carne branca, mas considerado por muitos consumidores como vermelha -, principalmente nas cidades de interior, não há previsão de diminuição expressiva das vendas. A preocupação maior é com a concorrência com a carne de frango, que tem sido comercializada a preços menores em função do excesso de oferta no País. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado