TOMATE/CEPEA: Com o aumento da oferta, média mensal recua e é inferior aos custos

Cepea, 24/6/2021 – Com o atraso na maturação dos tomates em maio e a concentração da oferta entre o fim do mês e o início de junho, quando as temperaturas aumentaram, o preço do tomate pago ao produtor neste mês (até o dia 21) está 26% inferior ao de maio e 9% abaixo das estimativas de custo de produção, com média de R$ 27,30/caixa (ponderada pela classificação). Além disso, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, mais praças passaram a colher tomates no período, o que ajudou a pressionar os valores na primeira quinzena. Já nesta segunda metade de junho, passado o pico de maturação e com a nova queda das temperaturas, o cenário pode mudar. Isso porque as atividades já foram encerradas nas lavouras que estavam com o ciclo atrasado, e, conforme estimativas, a semeadura das roças a serem colhidas foi menor do que aquela das ofertadas entre maio e junho. Assim, a redução da oferta pode impulsionar os preços nos próximos dias, mas a demanda enfraquecida deve limitar as valorizações. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado