FAQ DO INDICADOR DO BOI GORDO CEPEA/B3

Abaixo estão perguntas e respostas relacionadas ao Indicador do Boi Gordo CEPEA/B3.

No caso de a leitura completa deste material ainda não dirimir a sua dúvida, por favor, mande sua pergunta para sac@cepea.org.br.

Equipe Cepea

 

Perguntas frequentes:

 

1) O que é o Indicador do boi gordo CEPEA/B3?
O Indicador do boi gordo CEPEA/B3 é uma média diária ponderada de preços por arroba à vista de boi gordo no estado de São Paulo, elaborado pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, em parceria com a B3. O Indicador é divulgado em todos os dias úteis, de forma ininterrupta, desde março de 1994. A média dos Indicadores dos últimos cinco dias úteis de um determinado mês é utilizada pela B3 para liquidar os contratos futuros de boi gordo lá negociados. A metodologia completa do Indicador está disponível nos sites do Cepea e da B3 – clique aqui. Dada a ampla divulgação que o Cepea dá aos seus resultados, o Indicador CEPEA/B3 tem sido usado espontaneamente pelos agentes do mercado físico para negócios a termo. O Cepea não tem, evidentemente, qualquer influência sobre os níveis de preços negociados entre as partes no mercado. Procura, sim, coletar esses preços para compor o Indicador.

 

2) Quais animais o Indicador CEPEA/B3 considera?
Bovinos machos, com 16 (dezesseis) arrobas líquidas ou mais de carcaça e idade máxima de 42 (quarenta e dois) meses, advindos do Estado de São Paulo, de acordo com as especificações do contrato futuro de boi gordo da B3 – veja mais aqui. O Indicador considera animais cuja carne pode ter  como destinos os mercados interno e externo, inclusive: a) Europa; b) os que se enquadram nos critérios de cota Hilton; c) China; etc.. Nesse sentido, preços referentes a essas condições podem fazer parte da amostra para cálculo do Indicador, desde que atendam aos critérios estatísticos estabelecidos em metodologia. 

 

3) O Indicador CEPEA/B3 considera valores referentes ao boi a termo?
Não. O Cepea não considera valores que não estão definidos no momento da negociação. 

 

4) O Indicador CEPEA/B3 considera “valores cheios” ou o “preço base” (sem bonificações)?
Como o Indicador leva em consideração o valor negociado, o Cepea levanta os “valores cheios”, ou seja, já com eventuais  bonificações pagas pelo frigorífico ao produtor. 

 

5) O Indicador CEPEA/B3 considera valores referentes ao “boi inteiro de pasto”, normalmente negociado em preços abaixo da média?
Sim. Se os critérios estatísticos estabelecidos em metodologia forem atendidos, tais valores podem fazer parte da amostra para cálculo do Indicador.

 

6) Eu devo informar uma média dos negócios ou cada lote?
É importante que o preço de cada lote negociado seja informado, assim como o volume comercializado em cada negócio. 

 

7) Quem são os agentes consultados pelo Cepea?
Frigoríficos, pecuaristas e comerciantes, que participam das transações nas condições de comprador, vendedor ou intermediário. Esses agentes informam seus negócios de forma espontânea. Esses agentes são contatados pela Equipe do Cepea diariamente, pelo telefone e e-mail. Pecuaristas também podem informar seus negócios por meio do aplicativo “Cepea Boi”.

 

8) O Indicador CEPEA/B3 considera o Funrural (ou CERSS, “Contribuição do Empregador Rural para a Seguridade Social”)?
Não, o Indicador não considera o Funrural. Ou seja, ele é “livre” do Funrural. No caso de o colaborador do Cepea indicar que seu negócio foi realizado com Funrural, o sistema do Cepea desconta 1,5% referente à Contribuição.

 

9) Quantas informações são necessárias para cálculo do Indicador CEPEA/B3?
O número mínimo de informações – referentes a preço por negócio - necessárias para o cálculo do Indicador CEPEA/B3 é variável. O número requerido de informações vai depender do total de informações que fez parte da amostra para fechamento dos Indicadores nos 15 dias úteis anteriores. Nesse sentido, é aceito que o Indicador seja calculado desde que o número de informações daquele determinado dia represente ao menos 20% da média de informações consideradas nos últimos 15 Indicadores. Caso o número de informações fique abaixo de 20%, o Indicador é fechado por “excepcionalidade relativa à amostra”, descrita no item 3.5 da metodologia, disponível aqui

 

10) O que é uma “Excepcionalidade”?
Excepcionalidades são dias em que por alguma ocorrência – relativa à amostra ou a força maior – o Indicador não pode ser calculado tendo-se como base os dados levantados. 

 

11) Como é o fluxo de cálculo do Indicador CEPEA/B3?
Após às 17h00, quando o levantamento de informações por parte da equipe do Cepea se encerra, o sistema do Indicador realiza as seguintes verificações: 1) o número de informações obtidas no dia é suficiente para cálculo do Indicador?; 2) existe concentração da amostra de acordo com o volume negociado?; 3) as informações de preço por negócio que compõem a amostra do dia estão dentro de dois desvios padrão da média?; 4) o Coeficiente de Variação da amostra supera o valor crítico, estabelecido com base nas amostras dos dias anteriores? 
As respostas a essas verificações podem resultar em: 1) tratamento de excepcionalidade; 2) redistribuição dos pesos das informações levantadas no dia para que os negócios de cada agente não superem 20% do volume total de animais informados no dia; 3 e 4) exclusão de valores que mais se distanciam da média do dia. 
Após tratamento dessas averiguações, o sistema calcula o Indicador utilizando como ponderação de cada preço os respectivos volumes informados para o conjunto da amostra. Veja mais o item 3 da metodologia e no Anexo 1, disponível aqui.

 

12) A metodologia de cálculo do Indicador CEPEA/B3 consegue inibir concentração da amostra?
Sim. O Cepea considera que a concentração ocorre quando um ou mais agents de mercado detêm individualmente mais de 20% do número de cabeças informadas no dia. Quando isso acontece, o sistema do Indicador redistribui o volume total da amostra, conforme o grau a participação dos agentes num dado dia, até que nenhum operador exceda os 20% do volume total informado. É importante destacar que aos operadores que informam o preço , mas não relatam o número de cabeças negociado em cada lote será atribuída a quantidade mínima  informada para um negócio no dia. A quantidade atribuída a negócios sem informação de volume não pode, porém, ser maior do que 20 unidades.

 

13) Quando eu negocio pelo preço Cepea não posso contribuir com o levantamento porque no dia da efetivação não tenho um valor definido para informar. Isso me prejudica?
Pode prejudicar. Se um agente negociar a totalidade dos animais vendidos/comprados dessa forma estará totalmente à mercê das informações de negócios relatadas por outros agentes. Por isso, esse tipo de negociação oferece um risco, especialmente se a outra ponta optou por comercializar parte dos animais no mercado spot na mesma época em que a concretização do negócio ocorre. 


14) Quais são os horários estabelecidos para as atividades da equipe pecuária bovina de corte?   
O levantamento de negócios por parte da Equipe é realizado de segunda a sexta, das 8h00 às 17h00 (de Brasília). Negócios efetuados após às 17h00, aos finais de semana e em feriados são considerados para amostra do dia útil seguinte. O fechamento do Indicador do boi gordo CEPEA/B3 é realizado entre 17h00 e 18h00. 

 

15) Em qual horário o Indicador CEPEA/B3 é divulgado?
O valor é divulgado na B3 logo após às 18h00 e no site do Cepea às 18h41. 
 

Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado