Indicador Semanal do Açúcar CEPEA/ESALQ Alagoas - Mercado Interno

A metodologia do Indicador semanal e a do Indicador mensal do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ - Alagoas são iguais, cada um calculado para seu período.

 

ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO: Açúcar Cristal, Cor ICUMSA mais frequente até 250, destinado ao mercado interno;
MOEDA/UNIDADE DE MEDIDA:

Preços à vista, em R$/saca de 50kg;

 

Nota: A divulgação em dólar representa apenas a conversão do valor em Real; usa-se a taxa comercial para venda cotada diariamente às 16h30 – feitas as devidas médias semanais e mensais. 

TAXA DE DESCONTO DOS VALORES A PRAZO:  CDI (Certificado de Depósito Interbancário); média da semana ou do mês, conforme o Indicador;
ENTREGA:  Sem frete; a retirar na unidade de produção (usina) ou em armazéns – PVU;
REGIÃO DE ORIGEM: Estado de Alagoas;
TRATAMENTO ESTATÍSTICO: A amostra diária é submetida a dois procedimentos estatísticos: desvio padrão (são aceitos valores que estejam no intervalo de dois desvios-padrão para cima e para baixo em relação à média da amostra) e análise do coeficiente de variação.
DESTINAÇÃO:

Para dentro e fora do estado;


Nota: até o dia 27 de maio/2015, o Indicador mensal considerava apenas negócios para fora do estado, com 12% de ICMS. 

IMPOSTOS:  Indicadores incluem 12% de ICMS - vendas para dentro do estado, desde 11/01/2016, estão sujeitas a 18% de ICMS (até então, incidiam 17%), mas esses valores são transformados em equivalente ICMS de 12%;
BASE DE PONDERAÇÃO DOS PREÇOS:  Os valores fornecidos pelas usinas são ponderados conforme a participação da respectiva usina na produção total de açúcar cristal de Alagoas na safra anterior;
TRATAMENTO ESTATÍSTICO: São eliminados valores que excedam dois desvios-padrão em relação à média geral;
HISTÓRICOS: Indicador Mensal: desde dezembro/1999; Indicador semanal: desde junho/2015;
AGENTES CONSULTADOS NA PESQUISA: Unidades produtoras (usinas), indústrias compradoras e grandes atacadistas. Preços informados por consumidores (compradores do nível atacado) são empregados para o monitoramento dos valores informados pelos vendedores;

INDICADORES

SEMANAL E MENSAL:

A média dos Indicadores semanais de um determinado mês não será, necessariamente, igual ao Indicador mensal, que considera todos os valores individualmente;
IMPORTANTE: Valores considerados na amostra se referem a negócios efetivados (não entram ofertas de compra ou venda) entre usinas e compradores no mercado físico, à vista, na condição spot. Transações baseadas em contrato com preços fixados para o ano-safra não são incluídas no cômputo do Indicador. São considerados, porém, preços referentes às transações em que os contratos estabelecem apenas o volume a ser entregue ao cliente, com preço a ser fixado por ocasião do faturamento. A inclusão destes negócios na amostra Cepea ocorrerá no dia da fixação do valor. 
PRINCIPAIS APLICAÇÕES: O Indicador Mensal de Preços de Açúcar CEPEA/ESALQ é utilizado como base para o Consecana de Alagoas; tanto o mensal quanto o semanal servem de parâmetro para a realização de negócios no mercado à vista do estado, além de subsidiar estudos e pesquisas relativos a esse segmento da agroindústria brasileira. 

 

Fonte: Cepea

Contato

Equipe

Equipe

Coordenador:
Geraldo Sant’Ana de Camargo Barros, Ph.D 
Professor do Depto de Economia, Administração e Sociologia

 

Pesquisadora responsável:
Heloisa Lee Burnquist, Ph.D.
Professora do Depto de Economia, Administração e Sociologia

 

Analistas:

Maria Cristina Afonso 
Silvia C. Michelin
Augusto Barbosa Maielli
Vanessa Vizioli

Séries de Preços