Indicadores Mensais SP - Metodologia

Especificação do produto: Etanol anidro combustível, hidratado combustível, anidro outros fins e hidratado outros fins, de acordo com especificações da ANP (Agência Nacional de Petróleo);
Moeda/Unidade de medida: Reais por litro;
Entrega: Sem frete; a retirar na unidade de produção (usina) – PVU;
Região de referência:  Estado de São Paulo;
Base de Ponderação das regiões: Valores ponderados pelos volumes comercializados;
Imposto considerado: sem frete e sem impostos (sem PIS Cofins de R$ 0,1309/L)
Alteração tributária:

A partir de 21 de julho de 2017, no entanto, as informações que compõem este Indicador são descontadas do valor de R$ 130,9 por m³ comercializado, referentes a R$ 23,38 por m³ para o PIS e R$ 107,52 por m³ no caso da Cofins.

De 02/01/17 a 20/07/17, as informações que compunham este Indicador eram descontadas do valor de R$ 120 por m³ comercializado, referentes a R$ 21,43 por m³ para o PIS e R$ 98,57 por m³ no caso da Cofins. 

De 8 de maio de 2013 a 29 de dezembro de 2016, de acordo com a Medida Provisória nº 613/2013, foram considerados zerados PIS/Cofins no cálculo dos Indicadores CEPEA/ESALQ de etanol hidratado e anidro, combustível e outros fins, semanal e mensal para o estado de São Paulo. 

Taxa de desconto dos valores a prazo:

CDI (Certificado de Depósito Interbancário)

 

Tratamento estatístico:

A amostra é submetida a dois procedimentos estatísticos: desvio-padrão (são aceitos valores que estejam no intervalo de dois desvios-padrão para cima e para baixo em relação à média da amostra) e análise do coeficiente de variação.

Os Indicadores Mensais de Etanol CEPEA/ESALQ não são necessariamente iguais às médias dos indicadores semanais, apesar de ambos corresponderem a médias de preços ponderados pelos volumes envolvidos nas negociações. Ocorre que os períodos considerados para o cálculo da média do mês não são exatamente os mesmos utilizados para o cálculo da média semanal, salvo nos casos em que o período tomado para o cálculo do indicador é composto por quatro semanas que totalizam exatamente 20 dias úteis.

Periodicidade: Levantamento diário, mas divulgação mensal.
Histórico: Indicador de Etanol Combustível Anidro: junho/1998; Indicador de Etanol Combustível Hidratado: março/1999; Anidro Outros Fins: junho/2001; Hidratado Outros Fins: agosto/1998.
Agentes consultados na pesquisa: Unidades produtoras (usinas/destilarias), distribuidoras, intermediários de vendas e empresas comercializadoras de etanol.
Importante:

Até abril de 2012, o Indicador Mensal CEPEA/ESALQ do etanol anidro combustível para o estado de São Paulo, referência para o Consecana, considerava somente dados relativos a negócios fechados no mercado spot. A partir de maio de 2012, este Indicador passa a considerar também aqueles realizados na modalidade contrato. A ponderação dos preços para o cálculo do Indicador mensal continua sendo feita com base no volume de etanol envolvido em cada negócio, independentemente de ser spot ou contrato. 

O ajuste metodológico é feito de modo a se acompanhar a mudança que ocorre na dinâmica de negociação do etanol anidro a partir da publicação da Resolução ANP nº 67/11, que prevê a comercialização do etanol anidro combustível majoritariamente via contrato.

 

 

 

Fonte: Cepea

Equipe

Equipe

Coordenador
Geraldo Sant'Ana de Camargo Barros, Ph.D 
Professor do Depto. de Economia, Administração e Sociologia Esalq/USP

 

Pesquisadora responsável
Mirian Rumenos Piedade Bacchi, Dra.
Professora do Depto de Economia, Administração e Sociologia
mrpbacch@usp.br

 

Pesquisadora
Ivelise Rasera Bragato Calcidoni, Ms.
irbragat@usp.br

 

Equipe de apoio

Carla Luciane dos Santos
Talita Negri

Ricardo Fleury Sunhiga Filho

Séries de Preços