HF BRASIL/CEPEA: Pequenos mercados, grandes oportunidades

Clique aqui e baixe release completo em word

 

Cepea, 13/09/2017 – A matéria de capa desta edição da Hortifruti Brasil, do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, selecionou nove culturas que não estão dentro do seu portfólio de pesquisas e buscou entender como é a dinâmica de mercado quanto ao calendário de produção, à rentabilidade e aos principais desafios e oportunidades de cada um deles. A demanda dos leitores pela pesquisa permanente de outros hortifrútis é grande e, assim, todo ano, a equipe Hortifruti/Cepea dedicará um espaço nas edições para explorar outros mercados.

 

Alho, abacaxi, pimentão, maracujá, morango, batata-doce, goiaba, repolho e abacate são os HF’s que, somados aos que são estudados pesquisados pela Hortifruti Brasil, têm faturamento anual de R$ 20 bilhões nas ceasas (centrais de abastecimento) do País – média entre 2014 e 2016. Há muito para se entender dessas culturas porque, além da relevância econômica, há também a social, visto que boa parte da produção vem da agricultura familiar.

 

As possibilidades para o setor são muitas, mas o crescimento é limitado pela falta de acesso a informações mercadológicas e agronômicas, conforme relatado por produtores dessas culturas entrevistados pela equipe Hortifruti/Cepea. Portanto, iniciativas conjuntas, como a criação e/ou fortalecimento de associações e cooperativas, são importantes. Além disso, o produtor está preocupado em fornecer alimentos de qualidade para o consumidor, que está cada vez mais exigente. Portanto, é preciso investir em técnicas eficientes de manejo e tratos culturais, além de estar sempre atento ao comportamento do clima.

 

Clique aqui para acessar a revista completa!

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Outras informações sobre as pesquisas do Cepea a respeito do mercado de hortifrutícolas aqui e por meio do Laboratório de Informação do Cepea com a pesquisadora Margarete Boteon: (19) 3429-8836 / 8837 ou cepea@usp.br  

18/01/2017 - MACRO/CEPEA: Agronegócio soma 19 milhões de pessoas ocupadas, metade 'dentro da porteira' - 17/01/2017 - CEPEA: O que o agronegócio deve esperar das mudanças atuais na economia internacional - 12/01/2017 - ALGODÃO/PERSPEC 2017: Baixa oferta pode sustentar preço da pluma no início do ano - 12/01/2017 - CAFÉ/PERSPEC 2017: Menor produção no BR pode manter preço firme - 12/01/2017 - ARROZ/PERSPEC 2017: Colheita deve pressionar valor no 1º sem, mas estoque pode sustentar no 2º - 12/01/2017 - MANDIOCA/PERSPEC 2017: Menor oferta deve impulsionar disputa por mandioca - 11/01/2017 - SOJA/PERSPEC 2017: Safra recorde e estoque elevado devem limitar reação de preço em 2017 - 11/01/2017 - MILHO/PERSPEC 2017: Ofertas recordes no BR e no mundo podem enfraquecer valor interno em 2017 - 11/01/2017 - TRIGO/PERSPEC 2017: Oferta abundante deve manter pressão sobre cotações em 2017 - 10/01/2017 - BOI/PERSPEC 2017: Lenta recuperação da economia em 2017 pode limitar demanda por carne bovina por mais um ano - 10/01/2017 - SUÍNOS/PERSPEC 2017: Em 2017, mercado externo também deve mover setor - 10/01/2017 - FRANGO/PERSPEC 2017: Cenário é positivo para 2017, mas setor deve ficar de olho na oferta - 09/01/2017 - CEPEA: Perspectivas para agronegócio são favoráveis à sociedade em 2017 - 09/01/2017 - CITROS/PERSPEC 2017: Oferta limitada em 2017 deve manter firme preço da laranja - 09/01/2017 - AÇÚCAR/PERSPEC 2017: Novo déficit global deve sustentar altos patamares de preços em 2017 -
voltar