MERCADO DE TRABALHO/CEPEA: Agroindústria contribui para estabilidade na população ocupada no agro

Clique aqui e baixe o release completo em word. 

 

Cepea, 3/12/2019 – O número de pessoas ocupadas (PO) no agronegócio brasileiro seguiu estável no terceiro trimestre de 2019 (de julho a setembro), somando 18,33 milhões, pequena queda de 0,15% frente ao trimestre anterior, mas ligeiro aumento de 0,13% em relação ao terceiro trimestre de 2018. Esses dados são resultados de pesquisas realizadas pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, em parceria com a Fealq (Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz). 

 

Já quando considerado o contingente de ocupados no País como um todo, houve aumento de 1,59% entre o terceiro trimestre de 2019 e o mesmo período do ano anterior. Dessa forma, segundo cálculos do Cepea, a participação do agronegócio no mercado de trabalho brasileiro foi de 19,54% no terceiro trimestre de 2019, ligeiramente menor que o observado no trimestre anterior, de 19,67%.

 

Pesquisadores do Cepea indicam que os segmentos que sustentaram o resultado estável no número de pessoas ocupadas no agronegócio foram a agroindústria e os agrosserviços, visto que houve recuo na população ocupada nos segmentos de insumos e primário.

 

Especificamente para a agroindústria, pesquisadores do Cepea destacam que a maior contribuição paro o aumento de postos de trabalho no segmento adveio das agroindústrias de base pecuária, com crescimento de 2,30% na comparação entre o terceiro e o segundo trimestre de 2019. Ressalta-se, neste caso, que a maior demanda internacional por carne brasileira, especialmente por parte da China, devido aos casos de Peste Suína Africana (PSA), tem resultado em aumento de postos de trabalho nesta atividade.

 

CAI PARTICIPAÇÃO FEMININA – Pesquisadores do Cepea indicam que, no terceiro trimestre de 2019 frente ao anterior, verifica-se crescimento da mão de obra masculina, 0,21% em detrimento da feminina, que recuou 1%. Já quando comparado os terceiros trimestres de 2019 e de 2018, a tendência segue de aumento, ainda que modesto, da participação da mulher no campo.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Outras informações sobre o Mercado de trabalho do agronegócio aqui e por meio da Comunicação Cepea, com o prof. Geraldo Barros e com a pesquisadora Nicole Rennó: (19) 3429-8836 / 8837 e cepea@usp.br

12/08/2020 - ARROZ/CEPEA: Indicador atinge a casa dos R$ 73/sc, recorde real da série do Cepea - 11/08/2020 - ESPECIAL/CEPEA: Em meio à pandemia, auxílio emergencial aumenta a renda e reduz a pobreza no Brasil rural - 07/08/2020 - O Boletim do Suíno de julho está disponível em nosso site! - 07/08/2020 - MERCADO DE TRABALHO/CEPEA: Após forte efeito negativo em maio, impactos da covid-19 sobre população ocupada na agropecuária se estabilizam em junho - 06/08/2020 - PIB-Agro/CEPEA: PIB agro segue em alta em maio e crescimento no ano é de 4,62% - 05/08/2020 - Estão disponíveis as agromensais de julho/2020 - 04/08/2020 - Está disponível no site do Cepea o relatório de Custos de Produção de Pecuária - 29/07/2020 - LEITE/CEPEA: Preço ao produtor sobe 16% em julho e atinge recorde para o mês - 24/07/2020 - IPPA/CEPEA: Covid-19 gera efeito altista nos preços agropecuários e IPPA/Cepea sobe 14,2% no 1º semestre - 24/07/2020 - OVOS/CEPEA: Instituto Ovos Brasil e Cepea retomam parceria - 24/07/2020 - SUÍNOS/CEPEA: Preços do vivo disparam; em SC, valor médio atinge recorde real - 20/07/2020 - EXPORT/CEPEA: Volume em alta e câmbio desvalorizado garantem faturamento recorde no 1º semestre - 16/07/2020 - O Boletim do Leite de julho já está disponível em nosso site! - 13/07/2020 - HF BRASIL/CEPEA: Quase 70% dos produtores de HF indicam ter tido rentabilidade prejudicada por covid-19 - 07/07/2020 - PIB-Agro/CEPEA: PIB do agro segue em alta, mas covid-19 reduz o ritmo -
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado