O Boletim do Suíno de outubro está disponível em nosso site!

Cepea, 09/11/2020 - Nesta edição, confira: 

 

Mercado em outubro
O movimento de alta nos preços do suíno vivo e da carne foi intensificado em outubro. Enquanto a oferta de animais para abate esteve restrita e consequentemente limitando a produção de carcaças e cortes, as exportações da carne apresentaram bom desempenho. Diante disso, os valores da maioria dos produtos suinícolas levantada pelo Cepea estiveram em patamares recordes reais das respectivas séries. Leia mais.

 

Preços e exportações
Apesar da redução no ritmo de embarques na última semana do mês, as vendas externas de carne suína aumentaram em outubro frente a setembro. Esse cenário resultou em menor disponibilidade da proteína no mercado doméstico e, consequentemente, em elevação nos preços internos. Leia mais. 

 

Relação de troca e insumos
Em outubro, os preços internos do milho e do farelo de soja renovaram as máximas nominais e atingiram recordes reais em algumas praças, segundo levantamento da Equipe de Grãos do Cepea. Os valores dos suínos também estiveram em alta, mas em ritmo inferior ao observado para os insumos. Esse cenário acabou interrompendo o movimento de avanço no poder de compra de suinocultores, que vinha sendo observado desde maio deste ano. Leia mais.

 

Carnes concorrentes
Os preços da carne suína e das duas principais concorrentes, bovina e de frango, seguiram em movimento de alta no mercado doméstico ao longo de outubro. A proteína suína, contudo, foi a que mais se valorizou, perdendo competitividade frente às demais carnes.. Leia mais.

voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado